Follow by Email

Total de visualizações de página

Sou muito humorado. Se bem ou mal, depende da situação...

Em 1989 o HIV invadiu meu organismo e decretou minha morte em vida. Desde então, na minha recusa em morrer antes da hora, muito aconteceu. Abuso de drogas e consequentes caminhadas à beira do abismo, perda de muitos amigos e amigas, tratamentos experimentais e o rótulo de paciente terminal aos 35 quilos de idade. Ao mesmo tempo surgiu o Santo Graal, um coquetel de medicamentos que me mantém até hoje em condições de matar um leão e um tigre por dia, de dar suporte a meus pais que se tornaram idosos nesse tempo todo e de tentar contribuir com a luta contra essa epidemia que está sob controle.



Sob controle do vírus, naturalmente.



Aproveite o blog!!!



Beto Volpe



domingo, 17 de junho de 2012

O que é isso, companheira?

Descrição da imagem: caricatura de Dilma Rousseff vestindo short vermelho e camiseta branca com os dizeres: (agora) eu aceitei Jesus.

Reuters
Brasil, 23/05/2028.

Quarenta anos após a promulgação do Estado Laico pela Constituição de 1988 o presidente da República Marcelo Crivella sancionou agora à tarde uma grande reforma constitucional elaborada pela Assembléia de Deus Constituinte, onde finalmente a bancada evangélica do Congresso Nacional conseguiu aprovar a adoção do evangelismo como religião oficial e o banimento de religiões de matrizes africana e oriental das práticas autorizadas, assim como qualquer forma de idolatria, sendo ordenada a destruição de todas as imagens existentes no país. Espiritualistas estão proibidos de realizar reuniões públicas e de propagar sua doutrina em meios de comunicação formais ou informais, sendo autorizada apenas a prática familiar. 

A homossexualidade não chegou a ser considerada crime como queria um grande número de constituintes, mas esse segmento foi desprovido de todos os seus direitos, sendo passíveis de despejo e demissão sem justa causa, dentre outras limitações. Travestis e transexuais são proibidas de se expor publicamente no período diurno e a prática da prostituição está terminantemente vedada, sujeitando à prisão todos os envolvidos. A execução por injeção letal foi instituída como pena máxima e foi criada Milícia Familiar, envolvendo a comunidade na fiscalização do cumprimento da nova Constituição.

Com a revogação da Lei Maria da Penha e outras que garantiam direitos às mulheres, entra em vigência a figura do 'chefe de família', atribuição exclusiva dos homens, exceto autorizações expressas do Conselho Regional da Palavra, órgão deliberativo das três esferas de poder.  A imprensa será sujeita a aprovação prévia de seu conteúdo pelo DOPS - Doutrina da Ordem pela Palavra do Senhor - onde jornalistas e blogueiros deverão ser fichados. Está instituído o ensino religioso e abolida qualquer menção ou ação baseada no evolucionismo.

Os meios artístico, cultural e de moda deverão se submeter às mesmas regras 'sugeridas' à imprensa e haverá acompanhamento de um membro designado pelo DOPS, que também terá como atribuição 'adequar' e fiscalizar a atuação de conselhos profissionais, sindicatos e entidades representativas. Somente terão apoio governamental as instituições da sociedade civil que seguirem os preceitos das Escrituras e certificadas pelo mesmo CRP. Por fim, foi aprovada a mudança do nome oficial do país para República Cristã do Brasil e da inscrição na Bandeira Nacional para 'Fé em Cristo'. 

E pensar que tudo começou com um projeto de governabilidade idealizado e conduzido pelo Partido dos Trabalhadores, do qual sou simpatizante desde os esforços para sua fundação, tendo votado no partido na maioria das eleições majoritárias e legislativas. E que está com o coração amargurado ao ver que o sonho de um país igualitário, tanto meu quanto da 'companheira' Dilma, está se tornando o pesadelo do país da exclusão, da censura e da quebra dos direitos humanos.

O que é isso, companheira?

Beto Volpe

Nenhum comentário:

Postar um comentário