Follow by Email

Total de visualizações de página

Sou muito humorado. Se bem ou mal, depende da situação...

Em 1989 o HIV invadiu meu organismo e decretou minha morte em vida. Desde então, na minha recusa em morrer antes da hora, muito aconteceu. Abuso de drogas e consequentes caminhadas à beira do abismo, perda de muitos amigos e amigas, tratamentos experimentais e o rótulo de paciente terminal aos 35 quilos de idade. Ao mesmo tempo surgiu o Santo Graal, um coquetel de medicamentos que me mantém até hoje em condições de matar um leão e um tigre por dia, de dar suporte a meus pais que se tornaram idosos nesse tempo todo e de tentar contribuir com a luta contra essa epidemia que está sob controle.



Sob controle do vírus, naturalmente.



Aproveite o blog!!!



Beto Volpe



segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Atitude é tudo!

Pessoal, neste Dia Mundial de Luta contra a AIDS eu não poderia publicar algo tão tocante quanto esse grito de liberdade de meu querido Max Goudar. 
Viva a Vida, meu amigo!!!
Beto Volpe


Bom dia, hoje eu vim aqui falar de uma coisa que poucos sabem, mas que todos vão saber agora, não aguento mais esconder, não aguento mais ter que viver fingindo que está tudo bem, não está bem, eu tenho o vírus hiv!

E por mais que falem que é só tomar um remedinho, eu digo que não! Não é tão simples assim! Não estou morrendo, pelo contrário, estou vivendo, e pelo visto vou viver muiiiiito! Mas não é simplesmente tomar o remedinho, vai além...

Gostaria de poder ajudar você que é jovem, gostaria de pedir aos jovens amigos que se cuidem para não ter que passar por essa situação que não é legal! Usem camisinha!! E você que está lendo, você mesmo que transou sem camisinha e não fez o teste, faça! Por mais que seja difícil, ou tenha medo, o diagnóstico precoce ajuda muiiiiito no tratamento, e pode te salvar! Se você precisar estarei aqui!

Gostaria de agradecer ao apoio da minha mãe que é foda! E de todos os meus amigos!

Gostaria também de agradecer a Igreja Cristã Contemporânea Niteróique sempre me acolheu muito bem! (Estou voltando)! Quem quiser conhecer um pouco da minha história é só ir à banca e comprar o jornal O Globo de hoje! 

Estou me expondo por AMOR a quem um dia me ajudou, aos meus amigos que deram a cara a tapa, se eles não tivessem essa "coragem", com toda certeza do mundo eu não estaria aqui pra poder contar a minha história! 

Agradecer ao meu namorado Leonardo Aprígio que me aceitou do jeito que sou, Ao Wallace Alcantara,Joao Geraldo NettoRegina BuenoJosé RayanIvan MonsoresBeto VolpeAndrea Paula FerraraFabi,Fabio Mesquita, a minha amiga Natália Chagas que não está mais aqui com a gente, e a todos que me apoiaram que não sei se posso citar aqui!
Amo vocês! Muito obrigado mesmo!!!

Agora eu só quero um abraço de vocês, mais nada!

Viva a vida!

Max Goudar