Follow by Email

Total de visualizações de página

Sou muito humorado. Se bem ou mal, depende da situação...

Em 1989 o HIV invadiu meu organismo e decretou minha morte em vida. Desde então, na minha recusa em morrer antes da hora, muito aconteceu. Abuso de drogas e consequentes caminhadas à beira do abismo, perda de muitos amigos e amigas, tratamentos experimentais e o rótulo de paciente terminal aos 35 quilos de idade. Ao mesmo tempo surgiu o Santo Graal, um coquetel de medicamentos que me mantém até hoje em condições de matar um leão e um tigre por dia, de dar suporte a meus pais que se tornaram idosos nesse tempo todo e de tentar contribuir com a luta contra essa epidemia que está sob controle.



Sob controle do vírus, naturalmente.



Aproveite o blog!!!



Beto Volpe



sexta-feira, 16 de março de 2012

George Clooney é preso ao protestar em frente à embaixada do Sudão nos EUA

Desobediência civil... Por protestar contra barbáries cometidas contra a humanidade.
Acho que precisamos exportar uns dois ou três Ayres Britto pros EUA, pra democratizar aquele país de verdade.
Beto Volpe

Descrição da imagem: o gatão Clooney, algemado e cercado por agentes de segurança, sorri para a câmera com cara de quem está fazendo a coisa certa.


O ator George Clooney foi preso nesta sexta-feira (16), em Washington, durante uma manifestação frente à embaixada do Sudão para protestar contra os crimes de guerra cometidos, segundo ele, por Cartum no sul do país. O pai do ator, Nick, também foi preso. George Clooney, assim como vários membros da Câmara de Representantes e ativistas, foi algemado e levado num carro da polícia.
 
Na quinta-feira (15), Clooney, um fervoroso partidário do presidente Barack Obama, esteve na Casa Branca para denunciar a crise humanitária que assola as regiões fronteiriças entre o Sudão e o Sudão do Sul. Clooney, que na noite da quarta-feira (14) foi um dos convidados do jantar da Casa Branca em homenagem ao primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, retornou de uma viagem por essa região há dois dias.

Em declarações aos jornalistas que cobrem a Casa Branca, amontoados a seu redor, o ator revelou que pediu a Obama que convença a China a unir-se à pressão internacional sobre o governo sudanês com o objetivo de permitir que as forças de socorro entrem na fronteira sul do país, castigada pela fome.

Segundo o ator, o presidente americano se comprometeu a tratar a questão com o presidente chinês, Hu Jintao, em sua próxima reunião bilateral. Na quarta-feira, Clooney participou de uma audiência do Comitê de Exteriores do Senado para expor sua visão sobre o Sudão e pressionar os legisladores do Capitólio a interferirem na questão. (Com agências internacionais)

Fonte: uol.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário