Follow by Email

Total de visualizações de página

Sou muito humorado. Se bem ou mal, depende da situação...

Em 1989 o HIV invadiu meu organismo e decretou minha morte em vida. Desde então, na minha recusa em morrer antes da hora, muito aconteceu. Abuso de drogas e consequentes caminhadas à beira do abismo, perda de muitos amigos e amigas, tratamentos experimentais e o rótulo de paciente terminal aos 35 quilos de idade. Ao mesmo tempo surgiu o Santo Graal, um coquetel de medicamentos que me mantém até hoje em condições de matar um leão e um tigre por dia, de dar suporte a meus pais que se tornaram idosos nesse tempo todo e de tentar contribuir com a luta contra essa epidemia que está sob controle.



Sob controle do vírus, naturalmente.



Aproveite o blog!!!



Beto Volpe



sábado, 10 de dezembro de 2011

Rafinha Bastos censura piada


Descrição da imagem: homem de bigodes e terno dando palmadas no bumbum de um humorista vestido de mulher.

Os ditos populares não são populares à toa, eles emitem uma sabedoria ancestral que vemos comprovada a todo instante. Um deles é 'no dos outros é refresco' que significa 'tô pouco me importando se alguém sairá machucado com minha atitude'. Pois foi o que fez o ex integrante do CQC ao censurar uma piada sobre humoristas em seu blog.

Pois bem, o sarrista Rafael Bastos agora tem um blog sobre MMA, bem mais a sua cara, chamado Vale Tudo. E lá ele continua propagando o calvário do injustiçado que está pagando os pecados de todos nós. E hoje ele criticou a demissão de um lutador do UFC por uma piada de mau gosto sobre estupro postada em seu Twitter: "Se uma van do estupro fosse chamada de van da surpresa, mais mulheres não se importariam em andar nelas. Todo mundo gosta de surpresas." E finalizou com a pérola da arrogância:

"PS: O Brasil já viveu uma experiência muito parecida. Um comediante foi torturado por causa de uma piada de estupro. No caso do “humorista” (entre aspas mesmo), a punição foi injusta. Ao contrário da rejeição sofrida, ele deveria ter sido torturado e surrado aos olhos do povo. E o idiota continua aí. Vivinho da Silva."

Cadastrei-me no blog e postei dois comentários, o primeiro fazendo uma piada sobre o PS acima, dizendo que de tudo ali escrito eu só concordava que o humorista era um idiota. E também o comentário abaixo:

Beto Volpe 1 hora atrás: Alias, eu acho um barato esse povo brasileiro, especialmente os mais jovens. Vivem espinafrando o Brasil, que somos atrasados em relação ao hemisfério norte e tal. Agora, na hora de agir como eles, de ter posturas humanistas como eles... vem à tona o Macunaíma que existe em nós e continua o buga uga de sempre.

E só o último foi postado. A piada sobre humoristas idiotas foi CENSURADA pelo sarrista Rafinha, que tanto defende a liberdade de expressão. Seja coerente, tchê! Se você se sentiu ofendido pelo teor da piada e por isso a censurou, por que continuar a cavar seu próprio açoite?

Isso dá uma piada e tanto sobre o humorista masoquista, que sente prazer ao ser surrado em praça pública, doa a quem doer. Literalmente.

É, Rafael, no dos outros é refresco.

Beto Volpe

Nenhum comentário:

Postar um comentário