Follow by Email

Total de visualizações de página

Sou muito humorado. Se bem ou mal, depende da situação...

Em 1989 o HIV invadiu meu organismo e decretou minha morte em vida. Desde então, na minha recusa em morrer antes da hora, muito aconteceu. Abuso de drogas e consequentes caminhadas à beira do abismo, perda de muitos amigos e amigas, tratamentos experimentais e o rótulo de paciente terminal aos 35 quilos de idade. Ao mesmo tempo surgiu o Santo Graal, um coquetel de medicamentos que me mantém até hoje em condições de matar um leão e um tigre por dia, de dar suporte a meus pais que se tornaram idosos nesse tempo todo e de tentar contribuir com a luta contra essa epidemia que está sob controle.



Sob controle do vírus, naturalmente.



Aproveite o blog!!!



Beto Volpe



sábado, 24 de setembro de 2011

Rock'b'Rio: palavra do Ministério e réplica

Pessoal, como forma de manter aceso o debate, disponibilizo mensagem a mim enviada pelo Dr. Dirceu B. Greco, Diretor do Departamento Nacional de DST/AIDS/Hepatites Virais. Como uma espécie de tréplica igualmente colo minha resposta. Peço desculpas pela edição cortando as laterais, mas o documento governamental não permite alterações e não cabe, enfim.
Beto Volpe

Ponderações sobre Rock in Rio22set11

Em
Em relação aos questionamentos relacionados à ação programática de oferecimento de testagem para o HIV durante o evento Rock in Rio, em setembro de 2011, o Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais (SVS/MS) apresenta as razões para a realização dessas ações em eventos semelhantes:

Em todo o mundo, existe prioridade absoluta para a facilitação do acesso ao diagnóstico da infecção pelo HIV, levando-se em conta, entre outros fatores, o grande número de pessoas que chegam tardiamente aos serviços de saúde, o que eleva os riscos de adoecimento, de impacto negativo na qualidade de vida e de aumento da mortalidade.
. O Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais, como ação programática clara, vem investindo sistematicamente em estratégias conjugadas e diversificadas de prevenção e comunicação voltadas para os jovens e outros segmentos populacionais que, por razões variadas, não buscam ou não têm acesso aos serviços de saúde em todo o país.
O “Fique Sabendo” é uma das estratégias de ampliação da oferta de diagnóstico que promove ações pontuais em eventos de massa para sensibilizar a população sobre o acesso à testagem na rede de saúde. Eventos dessa natureza, tais como o Carnaval e as festividades populares ou artísticas, têm proporcionado a oportunidade de disponibilizar informações sobre prevenção, combater estigma e preconceito, distribuir preservativos para grande número de pessoas e oferecer acesso à testagem para aqueles que o desejarem.
Para o Rock in Rio, são esperados cerca de 700 mil participantes, em grande parte jovens, além das 14 mil pessoas que trabalharão no evento. Vale lembrar que as pesquisas comportamentais e a vigilância epidemiológica têm mostrado a diminuição da adoção de práticas sexuais seguras e o aumento do número de infecções na população jovem, particularmente entre homens que fazem sexo com outros homens.
Todas as ações de testagem desenvolvidas pelo Ministério da Saúde incluem a realização do aconselhamento pré e pós-teste, com garantia do sigilo dos resultados. Assim, o oferecimento do diagnóstico, com informações claras, confidencialidade e aconselhamento competente e ético, dá ao jovem a oportunidade de decisão, que é só dele, autônoma, independente e emancipada. Cabe ao Ministério da Saúde proporcionar os meios de acesso e garantir os encaminhamentos adequados.
A ação do Rock in Rio foi desenvolvida pelo Ministério da Saúde com apoio do Fundo de População das Nações Unidas (ONU), da Secretaria de Saúde do Estado do Rio de Janeiro e de municípios do interior do estado. A ação compõe-se dos seguintes processos:
1        Disseminação de informação durante o evento – com o “flash mob” e filmes que serão apresentados diversas vezes no intervalo dos shows;
2        Distribuição de preservativos e acesso a informações sobre a adoção de práticas sexuais seguras;
3        Acesso ao diagnóstico por meio de testes rápidos.

Para que o projeto se realize de forma técnica e eticamente adequada, um espaço foi montado no evento, replicando-se nele toda a estrutura necessária e existente em um Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), com salas para aconselhamento pré e pós-teste, água corrente e demais equipamentos, além da presença de profissionais competentes e preparados para abordar situações que envolvem o diagnóstico positivo e os devidos encaminhamentos.

Certo de continuar contando com a participação de todos nesta luta para o controle da epidemia da aids,
Cordialmente,

Dirceu B. Greco
Diretor
Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais
Secretaria de Vigilância em Saúde
Ministério da Saúde

RESPOSTA AO DEPARTAMENTO NACIONAL


Prezados Doutores e Edu, boa tarde
Acredito piamente que vossas intenções e as de quase todos os envolvidos nessa estratégia são as melhores possíveis para o enfrentamento à epidemia de AIDS. Peço, então, a gentileza de lerem meu artigo ‘Rock’n’You’, publicado no www.cargarival.blogspot.com (umas quatro ou cinco postagens anteriores) e no www.imprenca.com, onde passei a ter uma coluna semanal. Lá estão os contrapontos a vossos argumentos relacionados ao Fique Sabendo no RnR.
Ontem, em reportagem sobre os trabalhadores da cidade do rock, foram entrevistados vários deles, de diversas áreas. Todos se revelavam absolutamente orgulhosos e realizados profissionalmente por estarem ali. Quase tão eufóricos quanto os fãs que chegavam gritando, pulando, cantando...
Isso não é estado de espírito para se receber esse diagnóstico, POR MELHOR QUE SEJA O ACONSELHAMENTO/ACOLHIMENTO. Lamento, mas enquanto uma única pessoa estiver em risco de passar por essa situação, não será admissível para os meus princípios de pessoa vivendo com HIV e de muita gente que tem se manifestado igualmente horrorizada com essa iniciativa.
Grande abraço, pois que nossas divergências atuam dentro de uma convergência, que é o fim da AIDS.
Beto Volpe

Nenhum comentário:

Postar um comentário