Follow by Email

Total de visualizações de página

Sou muito humorado. Se bem ou mal, depende da situação...

Em 1989 o HIV invadiu meu organismo e decretou minha morte em vida. Desde então, na minha recusa em morrer antes da hora, muito aconteceu. Abuso de drogas e consequentes caminhadas à beira do abismo, perda de muitos amigos e amigas, tratamentos experimentais e o rótulo de paciente terminal aos 35 quilos de idade. Ao mesmo tempo surgiu o Santo Graal, um coquetel de medicamentos que me mantém até hoje em condições de matar um leão e um tigre por dia, de dar suporte a meus pais que se tornaram idosos nesse tempo todo e de tentar contribuir com a luta contra essa epidemia que está sob controle.



Sob controle do vírus, naturalmente.



Aproveite o blog!!!



Beto Volpe



terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

MUITO ALÉM DO EDREDON

Brasil 2016: o país sede das Olimpíadas firma-se como uma das três maiores potências mundiais no quadro de medalhas. Sonho? Talvez nos Jogos convencionais, mas nos Para Olímpicos é o mínimo que se pode esperar, ao menos do atletismo. O Brasil encerrou neste final de semana sua participação nos Jogos Mundiais da modalidade na Nova Zelândia, atrás somente de China e Rússia e superando potências como Alemanha, Inglaterra e Estados Unidos. É de encher de orgulho todos os brasileiros e brasileiras. Mas o heróico feito passou quase desapercebido pela mídia, ela estava muito ocupada com outras disputas.

Recentemente o jornalista Pedro Bial referiu-se aos participantes da última edição do Big Brother Brasil como “heróis que terão que superar um árduo caminho até a vitória”. Será que ele ouviu falar de André Oliveira? O atleta de prata do salto em distância teve uma lesão gravíssima do joelho quando praticava a modalidade, acreditando ter encerrado sua carreira esportiva. Claro, aconteceu tudo ao contrário, ele recebeu um convite para continuar a pratica do esporte e hoje se revela uma das grandes esperanças de medalhas nos Jogos Para Olímpicos.

Será que ele conhece a velocista deficiente visual Terezinha que, além de garantir três medalhas de ouro para seu país, deu uma lição de humildade e companheirismo ao quebrar o protocolo da competição e subir ao pódio junto a seu atleta guia, dividindo com este seu ouro uma vez que somente o atleta principal recebe medalhas? Comportamento típico de qualquer grande irmão. É, Bial. O tal zoológico humano não contempla nosso mundo. Aliás, a maioria dos brasileiros e brasileiras só se enxerga nos participantes por serem eles o sonho de consumo da atualidade: ser burro, bonito e com dinheiro no bolso. Nem que para isso precise apunhalar seu aliado ali mesmo, embaixo do edredon.

Nossos heróis não têm a forma física baseada no retângulo áureo e nem são exemplos da beleza de fácil consumo. São pessoas de origem muito humilde, de trajetória extremamente complexa e que mantém o espírito de solidariedade mesmo em competição, pois sabem que o importante é competir. É, Bial, nossos heróis são diferentes dos seus. Os nossos heróis são os mais legítimos representantes de um povo que ainda vive baseado em regras de exclusão. E que dão ao mundo um exemplo de sucesso com luta e honradez, muito além do edredon.

Parabéns aos e às participantes do Campeonato Mundial de Para Atletismo.
Parabéns à heróica delegação brasileira pela participação!
Parabéns a todos e todas que abominam BBB.

Beto Volpe

6 comentários:

  1. Beto querido,

    Amei tuas fortes e doces palavras! Tapa na cara do idiota do Bial!

    Confesso que me ajudou a sair desse estado de tristeza que abateu minha alma após a partida de mais uma amiga com a mesma deficiência que a minha...

    Sou muito grata a você, amigo distante! Continue firme e forte!

    Ainda vamos dar muitas risadas juntos comendo bem pra caramba nos eventos...

    Beijos e abraços,
    Leandra

    ResponderExcluir
  2. Por beto,tudo isso e muito bacana,cara eu fico sem palavras abraço.

    ResponderExcluir
  3. Bendito Beto, muito bem dito.
    Bjos muitos, querido.
    Maria Helena

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pelo texto. Essa bosta de bbb nunca devia ter começado. Parabéns aos atletas!

    ResponderExcluir
  5. E parabéns a você, que sempre coloca o dedo na ferida com muito humor.

    ResponderExcluir
  6. Beto, como é bom saber que ainteligencia e a primazia com as palavras ainda exite. Obrigado por estas palavras, que o Bial o leia, se tiver inteligencia pra isso. Davi.

    ResponderExcluir