Follow by Email

Total de visualizações de página

Sou muito humorado. Se bem ou mal, depende da situação...

Em 1989 o HIV invadiu meu organismo e decretou minha morte em vida. Desde então, na minha recusa em morrer antes da hora, muito aconteceu. Abuso de drogas e consequentes caminhadas à beira do abismo, perda de muitos amigos e amigas, tratamentos experimentais e o rótulo de paciente terminal aos 35 quilos de idade. Ao mesmo tempo surgiu o Santo Graal, um coquetel de medicamentos que me mantém até hoje em condições de matar um leão e um tigre por dia, de dar suporte a meus pais que se tornaram idosos nesse tempo todo e de tentar contribuir com a luta contra essa epidemia que está sob controle.



Sob controle do vírus, naturalmente.



Aproveite o blog!!!



Beto Volpe



quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

A carruagem que virou abóbora

O texto a seguir foi publicado por minha grande amiga e musa Flávia Cintra, administradora do blog http://www.maecadeirante.zip,net/ , dentre infinitas atividades, como compete às musas.. É sobre um fato real que nos entristece e, por que não, enfurece por acontecer em um espaço que em sua essência não tem limites: o espaço cultural. O caso já teve desdobramentos que procurarei manter atualizados por aqui. Beijos e aproveitem esse momento ímpar para uma bela reflexão.
Beijos

Beto Volpe

Nenhum comentário:

Postar um comentário