Follow by Email

Total de visualizações de página

Sou muito humorado. Se bem ou mal, depende da situação...

Em 1989 o HIV invadiu meu organismo e decretou minha morte em vida. Desde então, na minha recusa em morrer antes da hora, muito aconteceu. Abuso de drogas e consequentes caminhadas à beira do abismo, perda de muitos amigos e amigas, tratamentos experimentais e o rótulo de paciente terminal aos 35 quilos de idade. Ao mesmo tempo surgiu o Santo Graal, um coquetel de medicamentos que me mantém até hoje em condições de matar um leão e um tigre por dia, de dar suporte a meus pais que se tornaram idosos nesse tempo todo e de tentar contribuir com a luta contra essa epidemia que está sob controle.



Sob controle do vírus, naturalmente.



Aproveite o blog!!!



Beto Volpe



terça-feira, 16 de julho de 2013

Alguém tem um balde?

Pessoal, com muito prazer compartilho texto de minha querida amiga Jackie Goulart que, além de sua qualidade, espelha exatamente como eu me sinto.
Beto Volpe
 
Descrição da imagem: estrela vermelha símbolo do Partido dos Trabalhadores rachada pelo mau uso que está sendo feito dela.
 

 
É de dar náuseas, mesmo.

Desde a campanha do Lula em 2002 essa imundície já se alinhavava. Boa parte da militância petista ali já começou a perder o respeito por essa direção do PT e pelo próprio Lula .
Mas sempre foi uma crítica muito diferente da crítica da direita. Aí está tudo o que essa esquerda previa: alianças podres, desmobilização da base e avanço da direita.

Que isso não se confunda com perder o respeito pela legitimidade dos movimentos sociais e das lutas de tantos anos que foram mais que legítimas, mudaram definitivamente esse país, que é o que uma direita covarde, que estava no armário e que, com o colchão macio da grande imprensa de repente sai histericamente berrando contra todos os avanços que o PT significou para um país inteiro.

E não falo dos avanços econômicos. São as liberdades que a classe trabalhadora conquistou na porrada e das quais agora todos desfrutam . Foram estas lutas que fazem do Brasil hoje um país onde o cidadão tem o direito de se manifestar.Mas ideologias fascistas, neo-nazistas e militaristas são excrementos do obscurantismo que a humanidade tem que eliminar definitivamente. Liberdade de escravizar, orpimir e explorar não é liberdade, é "privilégio" do qual se servirá uma minoria.

Então, viva o PT de lutas, que ainda existe mesmo dentro do PT atual, lutando incansavelmente contra uma direção traidora e reformista.

Mas é por essas e tantas outras, chorando com as evangélicas - SANTO DIO!!!!!!!! - por essas alianças PODRES que esse governo já não nos representa há muito tempo.

Ok, esse governo já não representa a sua antiga militância, que foi olimpicamente abandonada, não representa essa nova geração que deseja muito mais do seu país e não representa a direita que tem profundo e histórico pavor da classe trabalhadora.

E depois esta senhora arrogante, que em nome de uma governabilidade e em nome de dar uma maquiadinha e uma sobrevida a um sistema cruel e corrupto, queixa-se de estar sendo apunhalada pelos aliados. Queixa-se de solidão no poder. Ela esperava o quê? Esse PT esperava o que? Virar as costas para sua militância e ter o ombro amigo da burguesia mais canalha para consolo? O Lula em sua campanha e depois, em seus dois mandatos, costurou as alianças e essa senhora tecnocrata aprofundou essas alianças. Vira as costas para o genocídio dos indígenas no MS, para o drama dos povos do alto xingu, para Snowden, e vai chorar com as evangélicas degeneradas. Essa merda não me representa. Vai pros cornos, Dona Dilma.

Mas vá pros cornos também a direita que sai do armário buscando ídolos tipo barbosão farsante, Obama belicista e sem coluna vertebral, e toda essa imundície.

Vou ali vomitar um pouquinho e já volto.
 
Jackie Goulart
Florianópolis/SC

Um comentário: